terça-feira, 8 de junho de 2010

10 de Junho


Falta pouco tempo para o 10 de Junho. Nestes dias é preciso concentrar todos os esforços nesse objectivo. Conseguir fazer a mobilização necessária, de modo a trazer para a rua uma manifestação visível do descontentamento popular. Para que a data se transforme numa demonstração de força do movimento nacional, e não das suas fraquezas, é indispensável realizar a união em torno deste simples objectivo: mobilizar todos para o 10 de Junho, sejam quais forem as suas tendências e particularismos pessoais ou de grupo. Trabalhar para um grande 10 de Junho, com efectivo significado social, popular, mediático e político, é um desafio para todos os patriotas. Portanto, ao trabalho: que ninguém se poupe!

4 comentários:

Nacionalistas lusitanos do Barreiro disse...

Gostei do que mencionas neste artigo,por mim está tudo certo.
Mas acho,que para nós nacionalistas,que acreditamos que podemos dar um novo rumo nos destinos da nossa Pátria,devíamos todas as"tendências/sensibilidades",fazer um esforço/que pela nossa gloriosa Nação,não é nada",e formarmos uma plataforma de unidade,e quando forem as eleições,estaríamos prontos como uma força única,para levar de vencida esta corja que nos "governa".
Portugal Sempre.
Dever-Honra-Serviço.
Viva Portugal.
"O Ideólogo"

Nacionalistas lusitanos do Barreiro disse...

Gostei do que mencionas neste artigo,por mim está tudo certo.
Mas acho,que para nós nacionalistas,que acreditamos que podemos dar um novo rumo nos destinos da nossa Pátria,devíamos todas as"tendências/sensibilidades",fazer um esforço/que pela nossa gloriosa Nação,não é nada",e formarmos uma plataforma de unidade,e quando forem as eleições,estaríamos prontos como uma força única,para levar de vencida esta corja que nos "governa".
Portugal Sempre.
Dever-Honra-Serviço.
Viva Portugal.
"O Ideólogo"

Vítor Ramalho disse...

Por mim a união faz-se já.
O PNR está aberto a todos.

Vítor Ramalho disse...

Penso mesmo que um dia destes podiamos ter uma longa conversa.
Talvez no dia 10.